Buscar
  • Luciana Corrêa

How to Hygge!❤



“Se mindfulness (ou atenção plena) é sobre o olhar para dentro, Hygge é sobre ser sociável e olhar para fora, é sobre ter prazer nas coisas mais simples da vida em comunhão com amigos e família.”

E assim Signe Johansen inicia seu livro How to Hygge – The Nordic Secrets to a Happy Life.


Hygge traz em foco algo muitas vezes despercebido, algo que de tão simples não é valorizado e que de tão corriqueiro não é percebido. É a valorização do óbvio em pequenas atitudes cotidianas procurando sempre a auto indulgência, o bem estar, o conforto e a socialização. Mas esta, a parte social, pode estar ou não estar presente. Quando você lê um bom livro (sugestão) tomando seu chá preferido, quando você deita na cama para se entreter com fotos antigas e ao lado tem uma fatia de bolo de chocolate ou mesmo quando você colhe frutas na árvore para fazer uma deliciosa torta, você está na atmosfera Hygge, você está praticando Hygge, em carreira solo. E isto também é muito prazeroso. Portanto, Hygge pode ou não vir acompanhado.


Mais para frente a autora fala: “A filosofia nórdica nunca é sobre ter boa aparência, é sobre se sentir bem durante todo o ano”.



Não querendo dizer que a boa aparência não cause uma boa sensação, nem tão pouco que a saúde, estar saudável, pode ser deixada de lado ao se presentear apenas com prazeres sem fim. Não, nada disso! Hygge preza pela sensação prazerosa de uma atividade como, por exemplo, estar com amigos em volta da mesa batendo um papo descontraído ou cozinhar ao lado de alguém tomando uma taça de vinho. Vale salientar aqui também que Hygge tem uma estética ou uma aparência muito bonita e agradável ao olhar. Hygge é chique, minimalista e traz sensação de conforto. Quando os dinamarqueses elegeram velas e luminárias como símbolo Hygge por trazerem luz aos dias nublados, de quebra agregaram beleza aos ambientes. Quando elegeram roupas confortáveis, poltronas gostosas e objetos feitos em madeira, potencializaram a harmonia e a beleza.



Em outro trecho, a autora diz: “Acima de tudo, para viver uma vida com Hygge precisamos de bondade: tanto para conosco nos atos cotidianos que nos trazem contentamento e prazer, quanto para com os outros em um espírito de parentesco e sociabilidade. Compartilhar é cuidar, diz o ditado; em geral pessoas dos países nórdicos valorizam a cooperação em detrimento do isolamento.”


Hygge parece colocar em foco o que nos dá prazer e o que nos traz felicidade, procurando construir uma vida mais saudável, plena e social. Hygge não é sobre ter coisas, mas sobre estar ao lado de pessoas próximas e desfrutar de uma atmosfera prazerosa. Enfim, Hygge é um exercício de olhar a vida sob outra perspectiva.



Como é o seu olhar para a vida?


Conte aqui nos comentários.


Luciana Corrêa – Mixing things with Love


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo