Buscar
  • Luciana Corrêa

Apfelstrudel com um pouco de história!❤ (veja a receita!)



Levanta a mão quem não aprecia ou quem nunca provou esta iguaria tão popular na Áustria e na Alemanha!


O Apfelstrudel ou Apple Strudel é uma sobremesa que sempre esteve presente em minha infância e, até hoje, vez ou outra, faço para comer com sorvete de creme, chantilly ou creme de baunilha.


Massa folhada bem crocante envolvendo maças, canela, passas e nozes, o Apfelstrudel é coberto por fina nuvem de açúcar de confeiteiro. Servido quente, ele é doce na medida certa e ainda tem um leve azedinho da fruta; é daquelas sobremesas que encantam os olhares e agradam os paladares! Outras variações podem ser vistas, como: acrescentar lascas de bananas ao invés das maçãs, cobrir com calda de frutas vermelhas, entre outras.


Algumas pesquisas citam a Baklava, sobremesa de massa folhada bem fininha recheada com nozes (outras variações com pistaches, amêndoas etc) e coberta com mel, de origem turca, como uma percursora do Apfelstrudel.


Acredita-se que o Apfelstrudel chegou antes na Hungria e depois na Áustria, popularizando-se também na Alemanha e assim em toda a Europa.


A receita (escrita) mais antiga data de 1696 e é considerada, na Áustria, um tesouro nacional. É mantida a sete chaves na Biblioteca Municipal e Estadual de Viena.


Por muito tempo, os húngaros foram experts na preparação do Apple Strudel. Até mesmo o confeiteiro do famoso Hotel Ritz em Paris, teria ido a Budapeste pra aprender os segredos da massa. Na primeira metade do século 19, o strudel húngaro se tornou uma especialidade do estabelecimento parisiense.


Depois de passar pelos países dos Bálcãs e pela Hungria, a massa chegou à Viena. A imperatriz Maria Teresa da Áustria teria contribuído para a aceitação do strudel na sociedade, e o quitute conquistou todo o Império Austro-Húngaro e a culinária internacional.


Vamos a receita de Apfelstrudel!


Darei a minha versão desta sobremesa com a receita que já faço a anos aqui em casa. Espero que gostem! É incrivelmente rápida e muito fácil de se fazer.



Ingredientes:

300g de massa folhada laminada,

800g de maças descascadas e cortadas em fatias fininhas. Podem ser maças de qualquer tipo, você pode até misturar a vermelha com a verde, sem problemas!

Suco e raspas de meio limão,

Canela a gosto,

Passas claras ou escuras a gosto,

4 colheres de sopa de açúcar,

2 colheres de sopa de manteiga sem sal,

½ xícara de nozes picadas a gosto,

1 gema de ovo para pincelar e

Açúcar de confeiteiro para cobrir.

Modo de Fazer:

Pré-aqueça o forno em temperatura média 180 graus.

Descasque as maças e corte em fatias fininhas. Deixe-as embebidas no suco do limão e jogue as raspas em cima.

Abra com rolo a massa até que fique um pouco mais fininha, faça alguns furos com garfo.

Coloque as maças, as passas e as nozes.

Faça uma mistura do açúcar com a canela, coloque por cima das maças.

Depois coloque pequenas porções da manteiga por toda a extensão.

Vá enrolando toda a massa recheada até formar um retângulo, feche as extremidades da massa.

Coloque em uma forma untada com fina camada de manteiga ou spray desmoldante.

Pincele uma gema de ovo por cima da massa e leve ao forno.

Quando ficar dourada, aproximadamente 1 hora, retire do forno e deixe amornar.

Polvilhe o açúcar de confeiteiro.

Sirva quente, em fatias, com sorvete de creme, chantilly ou creme de baunilha.

Aproveite!



Luciana Corrêa – Mixing things with Love


177 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo