Buscar
  • Luciana Corrêa

Pelo campo das Oliveiras...❤ (com receita de bolo de azeite)

Atualizado: 8 de fev. de 2021



Nossa caminhada começou em meio a um campo de oliveiras, com milhares de árvores, num belo dia de Primavera, no interior de São Paulo. Pouco ensolarada, fresca, uma manhã muito agradável; daqueles dias que te convidam ao passeio no campo. As oliveiras ainda jovens, tinham flores miúdas e brancas, folhas fininhas, alongadas e de um verde profundo, bastante encorpado. Os frutos em crescimento, também verdes e bem duros, se confundiam em meio a folhagem. Estariam prontos para a colheita somente meses depois, agora aguardavam dias a fio a Natureza maturá-los preparando-os para o seu fim. Havia calma, paz e tranquilidade, tudo isso junto naquele local, como se fosse possível observar aquele vasto campo de oliveiras além do que era visto a olho nu. Uma leve brisa que passava por entre as árvores, por todo o campo verdejante, nos trazia estes sentimentos e estas sensações. Em uma mistura de beleza e calmaria, meu olhar tão urbano se refrescava e se harmonizava em encantamento. Em outra mistura de reminiscências e história, algo naquela imensidão de oliveiras, me fez contemplar e refletir sobre o passado. Mas não foi possível parar!



Num chamado ao pé do ouvido, fomos levados a olhar de esguelha a imensidão de oliveiras e rapidamente estávamos em outro ponto de nosso percurso. Aonde tudo aconteceria, aonde o fruto seria separado da folhagem, lavado, moído, amassado e prensado para se transformar. Nada daquelas frondosas árvores sobraria em seu aspecto ao contato com a máquina veloz... Folhas, flores, gravetos e todo o resto para compostagem; frutos para o processo industrial que os levaria a outro fim. Após uma hora e meia neste sobe e desce, esmaga e contem, passa daqui e dali, as azeitonas seriam transformadas em mais puro azeite. Mas tudo isso não aconteceu aos nossos olhos, pois os frutos ainda verdes, permaneceram aonde estavam. Somente a voz da locutora nos contava com satisfação e sapiência o que daqui a um tempo aconteceria. O único processo que verdadeiramente acontecia, que não ficava nenhum dia se quer parado, em uma sincronia natural e perfeita, tinha ficado para traz no verde campo das belas oliveiras.



Tudo compreendido, fomos encaminhados mais adiante para a degustação do azeite. Inúmeros e minúsculos potinhos foram dispostos a nossa frente. Cada um deles com uma espécie de pipeta Pasteur de plástico contendo o líquido verde amarelado, um recipiente de mini pãezinhos suculentos e uma lista de sabores. Nela, pudemos conhecer a incrível variedade de sabores e aromas retirados daquela transformação do fruto das oliveiras. E não só deles, mas também dos abacates, degustamos azeites deliciosos e bem diferenciados. Claro que estávamos entre amigos, como não poderíamos deixar de estar, e se fez necessário um brinde em meio a tantos sabores e em reverência a tanta beleza. Nada mais tínhamos a fazer naquele encantador local, a não ser levar para casa alguns vidros desses especiais azeites que encontramos na região bucólica de São Bento do Sapucaí!



E assim termina este pequeno texto contando um singelo momento chamado... Hygge!


Bolo de Azeite


Ingredientes:

1 xícara de azeite extra virgem

1 e 1/4 de xícara de açúcar

3 ovos

1 colher de sopa de raspas de limão

1 colher de sopa de raspas de laranja

2 xícaras de farinha de trigo

1/3 de xícara de farinha de amêndoa

2 colheres de chá de fermento em pó

1/3 de colher de chá de bicarbonato de sódio

1/2 colher de chá de sal

3 colheres de sopa de licor de laranja

1/3 de xícara de suco (laranja e limão)

2 colheres de chá de extrato de baunilha

1/3 de xícara de leite.


Modo de Fazer:

Unte com azeite e açúcar uma forma redonda de aproximadamente 25 cm de diâmetro. Pré-aqueça o forno a 200 graus C.

Misture em um bowl o açúcar, as raspas e os ovos. Bata a mão por 3 minutos. Vá acrescentando o azeite aos poucos. Continue batendo até que tudo fique incorporado.

Em outro bowl misture a farinha, a farinha de amêndoa, o sal, o bicarbonato e o fermento. Misture-os.

Em um terceiro bowl misture o leite, o licor, o extrato de baunilha e o suco.

Acrescente metade desta última mistura ao bowl das farinhas e a outra metade ao bowl dos ovos. Depois junte tudo e misture até que formem uma massa macia e homogênea. Leve ao forno por aproximadamente 1 hora. Polvilhe açúcar e canela por cima.


Este é um bolo especial, muito bom, macio, saboroso! O sabor do azeite fica bem pronunciado.



Luciana Corrêa – Mixing Things with Love

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo